Investir em Franquias é mais Rentável

Nos últimos 11 anos temos assessorado investidores a escolher o negócio correto para investir. Neste período muita coisa mudou. Estas mudanças podem ser acompanhadas pela alteração na Taxa Selic, a taxa básica de juros do Banco Central. Não é necessário ser um grande financista para saber que os títulos de renda fixa acompanham, em maior ou menor grau, a variação da Taxa Selic. Assim, estas aplicações, consideradas relativamente seguras, estão apresentando rentabilidades cada dia menores.

Quem aplica no mercado financeiro está constantemente em busca de investimentos com maior rentabilidade. Estas pessoas pensam em rentabilidade de seu ativo, ou seja, qual o valor líquido auferido ao longo de um determinado tempo de investimento. Esta medida – a rentabilidade – é a que permite comparar investimentos de naturezas tão distintas quanto um imóvel, um título do tesouro ou uma franquia.

E dificilmente encontramos investimentos mais rentáveis que franquias. Mas para chegar a esta conclusão, é importante considerar alguns fatores:

• As projeções financeiras de uma franquia devem considerar um tempo razoável de investimento – no mínimo 5 anos. Devem também ser baseadas em históricos reais e verificáveis.

• Além do fluxo de caixa, deve-se considerar o valor terminal do projeto, ou seja, o valor do patrimônio criado (que pode ser vendido).

• As condições de liquidez do ativo – se você quiser ou precisar vender sua franquia, com que facilidade consegue fazê-lo?

• Há muita confusão quando falamos de índices financeiros. É comum confundir rentabilidade (lucro dividido pelo investimento) com lucratividade (lucro dividido pelo faturamento). Dá-se mais importância ao payback, o famoso “retorno do investimento” que à rentabilidade.

DICA: O payback só pode ser usado para comparar dois ativos de mesma natureza e muito semelhantes. No meio financeiro diz-se que “payback é conta de quem não sabe fazer conta”. Assim, nossa recomendação é que o investidor não se apegue a este índice que poderá levar a conclusões muito erradas.

Os melhores índices a utilizar para avaliar um negócio são:

Taxa Interna de Retorno (TIR), que possibilita a comparação com suas aplicações financeiras e,

Valor Presente Líquido do projeto (VPL), que leva em consideração o valor relativo do investimento quando comparado com uma taxa de desconto que inclui o prêmio de risco.

Uma franquia no Brasil pode render entre 25% e 40% ao ano, havendo casos com rentabilidades superiores. Para quem obtém hoje rentabilidade líquida na casa de 8% a 10%, parece que vale a pena ao menos olhar esta alternativa. 

Renato lapa Claro é Presidente da Kick off Participações, sócio Fundador da Kick off Consultores e Presidente da AIeseC Alumni Brasil. Foi máster-franqueado da Fastsigns International para o Brasil por 10 anos, além de passagens por Unilever, Grupo Pão de Açúcar, tulip International (Dinamarca), Grupo microlins, Grupo Plamarc e Grupo Publitas. Foi Diretor da ABF – Associação Brasileira de Franchising por duas gestões.

Copyright © 2018 - Revista Franquia